Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Geleia de flor de hibiscus

Um pausa entre degustações para contar uma interessante experiência com geleia. Coisa de quem frequenta feira livre, fiquei interessada em algo que só aparece uma ou duas vezes no ano e que alguns chamam de groselha. Dessa vez comprei. Coloquei o pacote na geladeira e fui procurar a identificação daquele vegetal de cor roxa intensa que várias vezes me encantara, mas ninguém sabia dizer como utilizar.




Descobri que se trata da flor da vinagreira, conhecida também por vinagreira roxa, a planta cujas folhas entram no preparo do cuxá - arroz de cuxá, conhecido prato da cozinha maranhense. Seu nome científico é hibiscus acetocella. Dentro da flor as bolinhas verdes são sementes, não há como aproveitar na doçaria.

Encontrei na Internet uma receita que me pareceu interessante porque utiliza pectina extraída de laranjas, que dá à geleia uma consistência ótima. E me pus a experimentar. Eis a receita, com o título:

Geleia de vinagreira

1 litro de pétalas da flor roxa
600g de açúcar
2 litros de água
1 litro de pectina - entrecasca de 3 laranjas

Como preparar a pectina: retirar a entrecasca das laranjas (a parte branca). Ferver com pouca água durante 5 minutos, repetindo 3 vezes a fervura para tirar o amargor. Depois levar ao liquidificador com pouca água, bater e completar 1 litro.

Cozinhar bem as pétalas, coar em pano ou peneira fina, separando 1 litro do suco. Juntar esse suco à pectina e ao açúcar e colocar para ferver até o ponto de geleia. Ponto é quando ao levantar a colher a mistura cai em blocos. Outro indicador do ponto é ver o fundo da panela quando se mexe com a colher.

Importante:
  • É necessário retirar a espuma que se forma na fervura para não sujar a geleia.
  • Guardar em vidros esterilizados (esterilização pode ser feita no micro-ondas).


O resultado é uma geleia consistente com linda transparência e deliciosa.




Nenhum comentário:

Postar um comentário